domingo, 6 de agosto de 2017

Sempre o Tua

Na mensagem anterior referência à não aprovação da reposição da Linha do Tua com o estatuto que merece.

Agora, a imagem do que ao Tua se reserva. Parece mesmo um comboio de feira, de brincar (não é o que se tem vindo a fazer desde sempre com a Linha do Tua - e outras- brincar?)


AR aprova parcialmente iniciativa do BE sobre investimentos na ferrovia

http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/ar-aprova-parcialmente-iniciativa-do-be-sobre-investimentos-na-ferrovia


AR aprova parcialmente iniciativa do BE sobre investimentos na ferrovia Ficaram chumbados os projetos relativos aos metros de Lisboa e do Porto.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/ar-aprova-parcialmente-iniciativa-do-be-sobre-investimentos-na-ferrovia?ref=portugal_outras
AR aprova parcialmente iniciativa do BE sobre investimentos na ferrovia Ficaram chumbados os projetos relativos aos metros de Lisboa e do Porto.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/ar-aprova-parcialmente-iniciativa-do-be-sobre-investimentos-na-ferrovia?ref=portugal_outras
AR aprova parcialmente iniciativa do BE sobre investimentos na ferrovia Ficaram chumbados os projetos relativos aos metros de Lisboa e do Porto.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/ar-aprova-parcialmente-iniciativa-do-be-sobre-investimentos-na-ferrovia?ref=portugal_outras
AR aprova parcialmente iniciativa do BE sobre investimentos na ferrovia Ficaram chumbados os projetos relativos aos metros de Lisboa e do Porto.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/ar-aprova-parcialmente-iniciativa-do-be-sobre-investimentos-na-ferrovia?ref=portugal_outras
Os deputados aprovaram esta quarta-feira parcialmente o projeto de resolução do BE para um programa de investimentos na rede ferroviária de proximidade, ficando chumbados os projetos relativos aos metros de Lisboa e do Porto. O projeto de resolução do BE, datado de 23 de janeiro, propõe que a Assembleia da República recomende ao Governo a aprovação de um Programa de Investimentos em Redes Ferroviárias de Proximidade (PIRFP), que possa ser abrangido pela reprogramação do Portugal 2020/Ferrovia 2020, e de um Programa de Reabilitação de Meios de Transporte (PRMT). A iniciativa do BE foi votada de forma desagregada, tendo sido chumbados os projetos de investimentos relativos ao Metro do Porto (construção das extensões da rede à Trofa, Stº Ovídio-Vila d'Este e Gondomar/Valbom), ao Metropolitano de Lisboa (construção da extensão até à zona ocidental da cidade), à construção da primeira fase do Metropolitano de Superfície Serpins-Lousã-Coimbra. Também foi rejeitado o ponto relativo ao projeto de investimento destinado à reposição do serviço ferroviário do Metro de Mirandela no troço não submerso da Linha Ferroviária do Tua, Brunheda-Cachão-Mirandela-Carvalhais e à reclassificação da Linha como parte integrante da Rede Ferroviária Nacional. Já os pontos relacionados com a requalificação da Linha de Cascais, a nova linha de Elétricos Rápidos de Superfície entre Terreiro do Paço e Gare do Oriente, a reposição da linha de Elétricos Históricos a ligar o Cais do Sodré a Campolide e ao alargamento do Metro do Sul do Tejo até à Costa da Caparica foram aprovados. A iniciativa do BE inclui ainda um ponto relativo ao PRMT, que foi aprovado, e que determina que "no mais curto prazo de tempo possível" se proceda à recuperação e à reabilitação dos níveis de oferta de serviço público de transporte pré-existentes ao Governo da 'troika' e assegurar a mobilização e a adequada gestão dos recursos financeiros indispensáveis à realização dos investimentos de substituição e de expansão nos modos ferroviários, rodoviários e fluviais.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/ar-aprova-parcialmente-iniciativa-do-be-sobre-investimentos-na-ferrovia?ref=portugal_outras
Os deputados aprovaram esta quarta-feira parcialmente o projeto de resolução do BE para um programa de investimentos na rede ferroviária de proximidade, ficando chumbados os projetos relativos aos metros de Lisboa e do Porto. O projeto de resolução do BE, datado de 23 de janeiro, propõe que a Assembleia da República recomende ao Governo a aprovação de um Programa de Investimentos em Redes Ferroviárias de Proximidade (PIRFP), que possa ser abrangido pela reprogramação do Portugal 2020/Ferrovia 2020, e de um Programa de Reabilitação de Meios de Transporte (PRMT). A iniciativa do BE foi votada de forma desagregada, tendo sido chumbados os projetos de investimentos relativos ao Metro do Porto (construção das extensões da rede à Trofa, Stº Ovídio-Vila d'Este e Gondomar/Valbom), ao Metropolitano de Lisboa (construção da extensão até à zona ocidental da cidade), à construção da primeira fase do Metropolitano de Superfície Serpins-Lousã-Coimbra. Também foi rejeitado o ponto relativo ao projeto de investimento destinado à reposição do serviço ferroviário do Metro de Mirandela no troço não submerso da Linha Ferroviária do Tua, Brunheda-Cachão-Mirandela-Carvalhais e à reclassificação da Linha como parte integrante da Rede Ferroviária Nacional. Já os pontos relacionados com a requalificação da Linha de Cascais, a nova linha de Elétricos Rápidos de Superfície entre Terreiro do Paço e Gare do Oriente, a reposição da linha de Elétricos Históricos a ligar o Cais do Sodré a Campolide e ao alargamento do Metro do Sul do Tejo até à Costa da Caparica foram aprovados. A iniciativa do BE inclui ainda um ponto relativo ao PRMT, que foi aprovado, e que determina que "no mais curto prazo de tempo possível" se proceda à recuperação e à reabilitação dos níveis de oferta de serviço público de transporte pré-existentes ao Governo da 'troika' e assegurar a mobilização e a adequada gestão dos recursos financeiros indispensáveis à realização dos investimentos de substituição e de expansão nos modos ferroviários, rodoviários e fluviais.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/ar-aprova-parcialmente-iniciativa-do-be-sobre-investimentos-na-ferrovia?ref=portugal_outras